Notícias
Sexta, 31 Março 2017 17:44

Segue-me 38 anos (com muita juventude)

Brasília, 31 de março de 1979,
 
Em um pátio cheio de jovens e casais, ouve-se uma frase mais ou menos assim...
- “Atenção pessoal, estamos iniciando o Primeiro Encontro de Jovens com Cristo – Segue-me...”
 
O texto pode não ser original, mas compõe a primeira página de uma história encantadora.
        Naquele longínquo sábado do último dia do mês de março de 1979, os meninos(as) do Pe. Antônio Chirulli apresentaram, sem ter a pretensão, para o Brasil, uma fórmula transformadora, ímpar. Nasceu naquela manhã, um encontro dinâmico, uma experiência diferenciada (mesmo baseada no EJC paulista), uma possibilidade de descobertas, catequese, interação e aproximação com um Deus maravilhoso.
 
Certamente, aqueles meninos(as), os casais – os primeiros tios – e o padre não imaginaram a dimensão que aquela atividade paroquial poderia ganhar; e ganhou.
Hoje, queremos agradecer ao Bom Pastor pela condução destes 38 anos. Agradecer pela vida de todos os padres que foram e são condutores de uma juventude que ama a Cristo. Agradecer pelos jovens de ontem e de hoje, que continuam dia após dia a semear a boa nova por diversas partes do DF e todos os estados do Brasil. Agradecer por todos que contribuíram, das mais variada maneiras, uns mais expostos, outros anônimos, para o desenvolvimento do grande movimento jovem católico no qual o Segue-me tornou-se.
 
Já são quase quatro décadas. Estamos vivenciando uma unificação nacional. O movimento espalhou-se por quase todos os estados do país. Podemos falar sem medo do exagero que somos milhares de seguidores e com espaço para muito mais, afinal, o movimento não para. Temos hino, temos documentos, orientações, pequenas surpresas. Assembleias, congresso, festivais, site, revista, vocações... Tudo isso, a partir de um inesquecível 31 de março.
Hoje, dia de lembrar da história do movimento, dia de vestir o orgulho de pertencer ao Segue-me, dia de ligar, enviar mensagem, abraçar seguidores de qualquer núcleo, de qualquer cidade, de qualquer estado, de qualquer década.
Hoje é o dia de cantar “que a juventude é uma semente, que Deus na Terra semeou”; e “vem pro Segue-me, um batalhão de amor”; porque somos “jovens, frutos do amor, semente de Deus...” e “sou seguidor, a Boa nova vou levar”.
Nossa gratidão aos desbravadores seguidores do passado e o nosso compromisso, como seguidores do presente, de garantir que mais jovens no futuro, possam desfrutar e sentir tudo que nós tivemos e temos oportunidade de vivenciar através deste movimento. 
 
Viva a nossa história! Viva o Segue-me! Viva Maria! Viva Cristo!
Segue-me trinta e oito anos. Sempre jovem. Jovem sempre!
 
#valeuchirulli 
#mateus9,9
#orestes99 #preparaparaosquarenta
#seguemebrasíliatrintaeoito #seguemebrasil
 
Sábado, 11 Março 2017 20:06

Segue-me no Spotify

Mais um meio de interação chega até você seguidor! Estamos também no Spotify. ?
Já temos uma playlist pra você mandar o play.
E tem uma novidade muito legal também, você pode contribuir com a Playlist, enviando sugestões de músicas católicas que embalaram sua caminhada. 
Créditos ao seguidor, Phelipe Queiroz, que montou a playlist inicial! 

Link de acesso: https://goo.gl/QX09Bv
Link do perfil: https://open.spotify.com/user/seguemebrasília

#SegueMeNoSpotify
#MandeSuaSugestão
#DáOPlaySeguidor
#SouSeguidor

Fé transformada em gestos

 Fercal recebe a II Caravana do Segue-me Brasília

“Pois aquele que se aproxima de Deus deve crer que ele existe e que recompensa os que o procuram” (Hb 11. 6b). Essa foi a passagem motivadora que seguidores de todo o Distrito Federal levaram aos moradores carentes da região da Fercal, região administrativa a 30 Km do Plano Piloto. Para alguns núcleos, o percurso até a cidade não era tão longe, mas para todos o que falou mais alto foi o chamado de evangelizar, sem importar com os obstáculos.

A manhã do último sábado (18) foi bem diferente para cerca de 75 jovens e tios seguidores. Eles se dispuseram a sair de casa, ainda com o sol raiando, e ir para Fercal. Esse foi o início da II Caravana realizada pelo Segue-me Brasília. A missão não foi apenas a entrega de roupas, brinquedos e mantimentos, mas também mostrar a recompensa da fé em Jesus Cristo.

Foram 26 famílias atendidas nesta ação social, que levou meses de organização e contou com uma equipe especial para coordenação. “No total, foram 130 pessoas atendidas, com duas cestas básicas por família, roupas, brinquedos e outros itens”, esclarece a tia Lili do tio Cássio, que foram os responsáveis por conduzir a preparação da Caravana. “É como o Evangelho fala, ‘estava nu e me vestistes’, foi assim que me senti realizando esse gesto nesses bairros carentes”, partilha Tia Lili.

O dia começou bem cedo para todos. O ponto de encontro foi às 7h da manhã no Posto Contagem, em Sobradinho, para juntos seguirem até a Paróquia Nossa Senhora Aparecida, onde a missa foi celebrada às 8:30 da manhã. “Tenho que primeiramente dizer obrigado aos jovens por esse trabalho”, agradece o pároco Oscar Alvez. Ele está há duas semanas na comunidade da Fercal. “Essa ação é levar a Palavra como Jesus levou, conhecendo as realidades. É um valor concreto e espiritual”, afirma o padre.

Logo depois da missa, os seguidores receberam um lanche reforçado para começar a jornada missionária pela Fercal. Foram quatro grupos que se dividiram para entregar os alimentos, fazer a partilha da Palavra e ouvir os moradores. “Em uma das visitas, percebi que uma senhora precisava ser amada. Os alimentos ajudaram, mas era a nossa presença que ela precisava mais”, conta o jovem Victor Hugo, 23, da Paróquia São Judas Tadeu (Taguatinga). Alessandro, 28, da mesma paróquia diz que é um exercício de humanidade. “Deixar o amor de Deus com gestos simples, um sorriso, um abraço. A visita é o mais concreto que podemos fazer”, comenta Alessandro.

A atividade foi enriquecedora até para jovens do Conselho Arquidiocesano. “Não pude ir à primeira caravana. Participei sem lembrar que sou o jovem coordenador”, conta Paulo Melo. “Foi incrível ver o amor de Deus se manifestando nas pessoas. Fiquei feliz em ver o movimento saindo das próprias fronteiras, evangelizando e vivendo a Palavra de modo extraordinário” completa Paulo, coordenador jovem.

A jovem coordenadora geral do Segue-me Brasília, Flávia Andrade, se diz contente pelo trabalho realizado na Fercal, não somente pelas doações, mas pela aproximação com o amor de Cristo. “Hoje, fui como seguidora apenas, uma vez que tínhamos jovens e casais que coordenaram muito bem toda a atividade”, elogia. “Fico feliz porque vejo um crescimento lindo nessa parte social do Segue-me. Nossa missão é evangelizar”, afirma Flavinha.

Visitas ­–Foi fácil ouvir entre os participantes do gesto concreto o quanto foi enriquecedor espiritualmente entrar nas casas. Muitos afirmaram que saíram mudados delas. Foi o caso da seguidora Janara Hott, 22, da paróquia Santa Rita de Cássia.  “É o que todo mundo fala, a gente recebe mais do que dá”, conta a jovem.

O grupo dela visitou cerca de 10 casas no bairro do Engenho Velho, mas a mãe Ana Paula e o filho Kevin, um adolescente especial, foi a que mais marcou a seguidora. “É uma criança que exige 100% da atenção da mãe. E ela demonstra fazer tudo com muito amor. Mesmo com as dificuldades, ela soube ter o filho com alegria”, diz Janara.

Kevin foi um dos casos que mais emocionou os participantes do gesto concreto. Ele nasceu com hidranencefalia, que é a ausência dos hemisférios cerebrais. “Os médicos descobriram com seis meses de gravidez e já me encaminharam para realização do aborto. Eu recusei”, a mãe conta emocionada. “Tudo o que eu queria era segurar meu filho no colo, independente da situação dele” Ana Paula relembra quando ficou no hospital.

Apesar de ser desacreditada pelos médicos, ela não perdeu a fé. “Eles deram até 1 ano de vida para o meu filho”, revela a mãe. E para a surpresa de todos, Kevin estava fazendo aniversário de 13 anos no dia da Caravana. Ana Paula não trabalha para poder cuidar do filho. “Eu não confio em mais ninguém. Tem que ter muita paciência”, explica ela. Por isso, a visita da Caravana veio em uma boa hora. “É uma honra receber tantos jovens na minha casa. Isso nos incentiva a procurar mais a igreja”, conta a mãe.

A alegria dos moradores era contagiante em muitos casos. Como o morador Antônio Carlos, ministro da eucaristia na paróquia, que deixou uma mensagem para os jovens. “A fé tem que ser traduzida em gestos concretos ou então não é fé. A juventude precisa de exemplos”, destaca Antônio.

Os testemunhos dos participantes são inúmeros. Isabella Sousa, 20, do núcleo Santa Rita de Cássia, também comenta o quanto é gratificante. “Eu nunca vou esquecer a dona Maria, que falou para nós que o maior presente que ela estava recebendo era poder olhar pra nós na casa dela, ela nos acolheu como acolheria o próprio Jesus”, partilha a seguidora. O grupo dela percorreu o bairro do Bananal. “Eu amei a Caravana e a oportunidade de conhecer tantas histórias, aquelas pessoas sempre estarão em minhas orações”.

A ação não se limitou às casas das famílias carentes que tinham sido listadas. O senhor José Nunes, conhecido como Coronel, viu as missões acontecendo e logo pediu que os jovens visitassem a casa dele também. “Eu fiz visitas em vários bairros quando eu podia”, explica seu José, que está mais debilitado por conta da idade. O momento foi de muita partilha e oração.

Maria das Neves, 69, é a moradora mais próxima da Paróquia, literalmente do lado da igreja. Ela foi a primeira a receber a visita. Quando a leitura da passagem foi feita, ela disse. “Isso está em Hebreus, não é? Eu leio sempre isso para me dá forças”, revela a senhora. Ela conta que as doações vieram em um momento de necessidade, porque já estava sem nada em casa. Coincidências a parte, ela ficou muito feliz em receber todos. “Os jovens de coração bom rejuvenescem a gente. Principalmente, os jovens de Deus”, afirma Dona Maria.

Preparação- O mapeamento das famílias carentes foi feito pelo casal Cida e Erisvaldo que juntamente com a Pastoral Familiar e a Pastoral da Criança, localizaram as famílias em quatro bairros: Bananal, Boa Vista, Engenho Velho e Curvas. “Com a ajuda da paróquia, destacamos as casas que precisavam mais, visitamos e separamos brinquedos, roupas e alimentos de acordo com as idades e tamanho de cada membro da família”, explica tia Cida.

A II Caravana teve seus trabalhos iniciados em outubro de 2016, com a criação da equipe organizadora e também com o início da arrecadação das doações. Os jovens que fizeram o Retiro Arquidiocesano no ano passado foram separados em grupos para arrecadar variedades de doações. “Esse dia foi a concretização do retiro para mim, que desde então estávamos buscando e juntando os mantimentos”, conta a jovem Maria Oliveira, 21, do núcleo São Judas Tadeu. Ela foi uma das participantes do retiro no ano passado. “É como diz a música ‘aonde mandar eu irei’”, completa a seguidora.

Eles se comprometeram em arrecadar diversos tipos de doações dessa Caravana, mas todos os seguidores foram convidados a levar alimentos para Missa de 37 anos do Segue-me em 2016. “Concentramos as doações nessa missa porque é o evento que mais reúne jovens de diversos lugares”, conta tia Lili.

A Caravana se mostra mais especial na Fercal por um detalhe. Neste ano, ocorrerá a implantação do Segue-me na Paróquia Nossa Senhora Aparecida, a mesma que ajudou na organização do evento. “É bom para mostrar o trabalho em equipe, a realidade da comunidade e a energia do jovem”, ressalta o tio Lucas Pereira, um dos dirigentes.

O Padre Oscar compartilha da mesma opinião. “É importante que os jovens estejam envolvidos em um trabalho em grupo, ainda mais na parte missionária, que vem sendo esquecida”, destaca o pároco. “É um trabalho muito positivo”, finaliza. A implantação vai acontecer nos dias 10, 11 e 12 de novembro.

Em março de 2015, durante o I Congresso Nacional do Segue-me, tomou posse a atual coordenação nacional do conselho do Segue-me. Era a continuidade de um processo iniciado em 2006 e que culminou com a publicação do Documento Nacional do Segue-me (DNS). Encerrando o biênio da primeira gestão, o casal seguidor Dalton & Graziela (núcleo São Paulo Apóstolo – Arquidiocese de Brasília), atuais coordenadores, estão deixando o posto (e a missão) para um outro casal brasiliense,  – Edson & Danusa. 
A divulgação da notícia de uma nova equipe de coordenação nacional foi feita pela equipe de Comunicação do Segue-me Brasil na manhã do dia 28/01.  Esta novidade foi uma grata surpresa e deixou todos nós muito contentes – tanto pela continuidade da representação da nossa Arquidiocese no Conselho Nacional como também pelos nossos amigos, bravos e queridos seguidores que tanto trabalharam e trabalham pelo movimento nos últimos anos.
Tio Edson fez o Encontro de Jovens com Cristo – Segue-me no ano de 1999, no núcleo Imaculada Conceição, em Sobradinho – DF; tia Danusa fez o encontro no mesmo núcleo em 2003. Como jovens seguidores começaram a namorar no mesmo ano e casaram em 2005. Em 2008, assumiram a pasta de dirigentes do movimento no núcleo Imaculada Conceição e no mesmo ano, a experiência do tio em competições esportivas levou o casal para a coordenação da I Copa Segue-me DF. Em 2011, integraram o setor III do Conselho Arquidiocesano do Segue-me DF como casal conselheiro e já no segundo semestre de 2012, o tio Edson integrou a coordenação do conselho como vice-coordenador. No biênio 2014/2015, tio Edson foi o coordenador arquidiocesano do Segue-me DF, onde ganhou o carinhoso apelido de zero um.
Em meio as reuniões da transição, Edson & Danusa cederam um tempinho para atender a equipe – brasilia.segue-me.com -. A seguir, um trecho da nossa festiva conversa:
 
brasilia.segue-me.com - Contem um pouco da trajetória de vocês no movimento.
 
Edson & Danusa – Desde que fizemos o encontro, seguimos servindo, aprendendo, defendendo, cuidando. Como jovens, trabalhando no encontro e pós-encontro e como casal, na parte administrativa e organizacional, sempre pautados no espírito do Segue-me e orientados pela passagem bíblica Mateus 9,9 - “E Jesus, passando adiante dali, viu assentado na alfândega um homem, chamado Mateus, e disse-lhe: Segue-me. E ele, levantando-se, o seguiu.”
 
brasilia.segue-me.com – Participaram do Segue-me em 2016? Estavam realizando algum serviço na Igreja?
 
Edson & Danusa - Assim que deixamos a coordenação do movimento fomos convidados pelo Padre Lucas (coordenador do setor juventude da arquidiocese de Brasília) para coordenar o Hallel de Brasília e continuaremos como coordenadores em 2017. Acompanhamos algumas atividades do Segue-me, ora presentes, ora pelas notícias. Quando deu para conciliar, lá estávamos.
 
brasilia.segue-me.com – Já conhecem os outros integrantes do Conselho Nacional?
 
Edson & Danusa – Como participamos das assembleias e do I Congresso Nacional do Segue-me, tivemos a oportunidade de conhecer os demais membros do Conselho Nacional. Não será uma dificuldade. Como tudo no Segue-me, mais uma oportunidade de conviver e partilhar; fazer novas amizades, aumentar os componentes dessa nossa tão grande família Segue-me.
 
 
brasilia.segue-me.com – Já pensam na realização do II Congresso Nacional do Segue-me? Podem adiantar algo?
 
Edson & Danusa - Estamos iniciando o processo de transição da coordenação, mas acreditamos que o II Congresso já está sendo planejado. Vem coisa boa por aí. Aguardem as novidades.
 
brasilia.segue-me.com – Deixem um recado para os seguidores de Brasília e de todo o Brasil que já estão na torcida e em oração por vocês.
 
Edson & Danusa - A exemplo do Papa Francisco ao assumir a missão, pedimos a oração de todos os seguidores por nós! O nosso desejo é unicamente fazer a vontade de Deus para o movimento. Contem com a nossa dedicação, trabalho e amor! Brasília e o Segue-me estão no nosso coração e, com certeza, também no coração do o Brasil. 
 
Desejamos muitas alegrias e realizações a frente desta tarefa. Continuaremos juntos na caminhada e torcendo para que continuem os avanços da unidade nacional do Segue-me. Aproveitamos também para agradecermos o trabalho do casal Dalton e Graziela que tanto tempo dedicaram ao movimento. Deus abençoe infinitamente vocês e sua linda família. E descansem rapidinho, afinal contamos com vocês.
 
#edsonedanusanosrepresenta #valeudaltonegrazi
#mateus9,9orestes99
#revistafrutodoamor #seguemebrasiliatrintaeoito
#euvouparaacaravana #preparaparaosquarenta
 
Terça, 24 Janeiro 2017 20:33

A Caravana está chegando...

No próximo dia 18 de fevereiro os seguidores do DF participarão da segunda edição da Caravana Segue-me. Neste ano, a caravana vai levar a Boa Nova à Fercal.

A Caravana Segue-me funciona com um caráter de ação social, de integração com os seguidores dos vários núcleos do Segue-me DF e principalmente com o intuito da evangelização.

Esta atividade de pós-encontro do Segue-me surgiu na Arquidiocese de Natal em 2013. A iniciativa de lá inspirou os seguidores de Brasília, que em 2015 implantaram a ideia no DF também.

A dinâmica desta edição será similar a anterior: a partir de um ponto de encontro comum, sairemos em "caravana" para a comunidade Fercal. Haverá a missa de envio e logo após sairemos em grupos para as casas das famílias para ser feita a entrega das cestas bem como a evangelização em suas casas. Nos encontraremos na igreja ao fim das visitas para a oração final – revela tio Cássio, um dos organizadores.

Para preparar os seguidores e garantir um bom aproveitamento da proposta de trabalho, a equipe organizadora da Caravana 2017 realizará no dia 05 de fevereiro, a formação para a caravana.

O objetivo da formação é permitir a previa integração entre as pessoas que participarão da caravana, além de um melhor preparo para a abordagem das famílias e de evangelização. A formação será conduzida em três módulos, sendo que no primeiro haverá uma breve explicação sobre a caravana, no segundo, de acordo com o querigma para a abordagem e evangelização das famílias, e por fim a história do padroeiro, que é São Francisco de Assis.

Se você tem interesse em participar da Caravana Segue-me 2017, fique atento pois as inscrições vão até o dia 04 de fevereiro. Preencha a ficha de inscrição e compartilhe os convites da caravana com outros seguidores.

As doações continuam sendo recebidas. No dia 28/1, na N.S. Consolata, durante as comemorações dos 99 anos do Pe. Orestes, haverá um ponto de coleta para, principalmente, alimentos. Colabore, divulgue, participe.

Conhecendo a Fercal:

O povoado surgiu ainda nos anos 1960, em uma área da antiga fazenda Sobradinho (pertencente ao município de Planaltina de Goiás) onde o empresário Manoel Demóstenes instalou a Sociedade Fertilizantes Calcários Ltda (Fercal). Hoje, a região é conhecida por ter duas grandes fábricas de cimento, usinas de asfalto e mineradores, sendo tratada como a primeira cidade operária do Distrito Federal.

A Fercal já fez parte de outras duas regiões administrativas (de 1964 até 2004, Sobradinho, RA V - e de 2004 a 2012, Sobradinho II, RA XXVI) até tornar-se a região administrativa XXXI em janeiro de 2012. Localizada a 24 km de distância do Plano Piloto, a Fercal é formada por 14 comunidades habitacionais que abriga uma população de pouco mais de 32 mil habitantes segundo dados da Codeplan em 2016.

 

#euvouparaacaravana #mateus9,9orestes99 #revistafrutodoamor #seguemebrasiliatrintaeoito #preparaparaosquaren

Sexta, 20 Janeiro 2017 16:22

Inscrições para Caravana 2017

A II Caravana do Segue-me Brasília acontecerá no dia 18 de fevereiro, a Região Administrativa da Fercal vai receber seguidores de todos os núcleos do Distrito Federal para um dia de aprendizagem, doação e vivência da palavra de Deus.
Será cobrado uma taxa de inscrição para custeio da camiseta. O valor será 20$, a ser pago no dia da formação. A adesão da camiseta é OPCIONAL, caso o seguidor não tenha interesse, o valor não será cobrado.

Inscrições até o dia 04 de fevereiro de 2017.

Faça sua inscrição:

 

Quinta, 12 Janeiro 2017 12:54

“Segue a caravana...”

 
Estamos nos aproximando da realização da II Caravana do Segue-me Brasília. No dia 18 de fevereiro, a Região Administrativa da Fercal vai receber seguidores de todos os núcleos do Distrito Federal para um dia de aprendizagem, doação e vivência da palavra de Deus. A paróquia Nossa Senhora Aparecida, da Fercal, está em processo de implantação de um núcleo do Segue-me e já viverá a alegria do trabalho de despertar e evangelização da juventude que o nosso movimento realiza. 
A primeira caravana do Segue-me Brasília foi realizada em 2015, na Estrutural. A partir da experiência inesquecível, foi montada pelo conselho arquidiocesano do Segue-me DF, uma equipe específica para a realização do trabalho da caravana. Durante todo o ano de 2016, foram estudadas as ações de como, quando e onde realizar. Em contagem regressiva para o acontecimento da caravana, a equipe de comunicação conversou com os seguidores responsáveis pela a atividade. Leia a seguir, alguns trechos da entrevista: 
 
brasilia.segue-me.com –  Qual os objetivos da caravana?
Caravana 2017 - A caravana é uma ação social realizada pelo Movimento Segue-me de Brasília, onde mobilizamos todos os seguidores em prol de arrecadação de doações para alguma comunidade carente do DF e também da evangelização dessa comunidade. Fazemos uma campanha de arrecadação e depois saímos em missão até essa comunidade para a entrega das doações e para a visita de evangelização nas casas, onde levamos a nossa alegria, a palavra e o amor de Deus para estes irmãos necessitados.
 
brasilia.segue-me.com - Como e onde será feita a caravana 2017?
Caravana 2017 - A comunidade escolhida este ano foi a da Fercal, uma região administrativa próxima à Sobradinho II. Nossa ação social está sendo recebida pela Paróquia Nossa Senhora Aparecida que inclusive é um núcleo em processo de implantação do nosso Movimento.
 
brasilia.segue-me.com - Está sendo feita alguma preparação espiritual? (equipes, padres...)
Caravana 2017 - Teremos duas formações para preparar os nossos seguidores para essa missão evangelizadora. Esta forma de evangelizar é muito nova pra nós, então precisamos aprender com aqueles que já tem experiência.
 
brasilia.segue-me.com - Quem pode participar da caravana? São esperados quantos participantes?
Caravana 2017 - Todos seguimistas, seguidores, tios e tias do Segue-me de qualquer núcleo do DF e quem mais quiser se juntar a nós nesta missão de ajudar quem precisa. Todos estão mais que convidados. Esperamos muitos seguidores, quantos mais estiverem conosco, mais famílias serão alcançadas com a doação e também alcançadas pelo amor de Deus a partir da palavra e do nosso carinho.
 
brasilia.segue-me.com - O nome da atividade "Caravana" vai mudar? Porquê?
Caravana 2017 - O nome caravana foi inspirado na atividade realizada pelo Segue-me de Natal, pois a atividade já acontece por lá alguns anos. Contudo, percebemos que temos uma estrutura que está sendo construída ainda, e que difere da proposta deles. Então temos a sugestão da mudança do nome, para que de fato essa nossa ação social tenha um nome que represente o que estamos fazendo originalmente aqui no DF.
 
brasilia.segue-me.com  - Haverá mais uma edição ainda este ano?
Caravana 2017 - Se teremos outra edição da caravana este ano, ainda não sabemos. Mas nada é concreto, depende do que o Senhor nos pedir. Estamos abertos, para que a cada dia nossa evangelização alcance mais pessoas.
 
Já foram arrecadados centenas de brinquedos, roupas e alimentos; mas ainda podemos arrecadar muito mais. Caso queira contribuir com doações, entre em contato com os dirigentes do seu núcleo ou com os conselheiros do seu setor.
Quer participar? Preencha o formulário no site e aguarde o contato dos organizadores.
Vem e Segue a Caravana 2017. 
 
#euvouparaacaravana #mateus9,9orestes99 #revistafrutodoamor #seguemebrasiliatrintaeoito #preparaparaosquarenta