Notícias
Sexta, 30 Dezembro 2016 14:12

Promessas 2017

 
 
Em 2017, eu prometo...
 
A virada de ano é muito mais do que a simples alteração no calendário. Entre desejos e intenções, são incontáveis as listas que, segundo “especialistas”, podem criar um ano novo mais feliz e satisfatório em várias áreas das nossas vidas, partindo da maior consciência dos nossos desejos e da responsabilidade de alcançá-los, através das nossas ações.
Uma busca simples em sites e blogs, especializados ou não, estão lá, propostas, regras, sugestões, para um ano melhor. Todos garantem luz, saúde, paz e projetos realizados com sucesso.
Mas e você seguidor, acredita/cumpre promessas de ano novo? A equipe de comunicação do Segue-me DF resolveu colaborar. Elaboramos também um lista de sugestões com dez tópicos fáceis de seguir. Assim como os “especialistas”, também defendemos que o cumprimento da lista na íntegra lhe fará um seguidor muito melhor e ganhará como brinde, um ano novo inesquecível. 
Então, corra para a janela e leia em voz alta: 
 
Em 2017, eu prometo...
 
1 - ser assíduo ao encontro mensal do Segue-me DF na Adoração Perpétua todo dia 02, sempre das 18h às 20h, no Santuário do Santíssimo Sacramento, 606 Sul;
2 – estar na Missa em Ação de graças pelos 99 anos do jovial Pe. Orestes;
3 – participar efetivamente de uma pastoral na comunidade paroquial que pertenço;
4 – ajudar na montagem do tapete de Corpus Christi;
5 – ser um seguidor defensor do DNS para que seja mantida a unidade (agora nacional) que garantiu mais de três décadas de existência do nosso movimento;
6 – colaborar com a segurança das particularidades do encontro do Segue-me não divulgando equipes, fotos, funções, na internet, nas conversas com aqueles que ainda irão participar do encontro;
7 – incentivar os seguimistas para que sejam atuantes e presentes nas atividades do círculo e de pós encontro do Segue-me paroquial;
8 – participar (cantando ou torcendo) do VIII Festival de Música do Segue-me (FEMUS);
9 – não perder o encontro de Violeiros 2017;
10 – organizar um ônibus para estar presente na Missa em Ação de Graças pelos 38 anos do Segue-me DF com os seguidores do seu núcleo;
 
Claro que não devemos incentivar correntes, mas envie estas dicas para dez seguimistas do seu núcleo e quinze seguidores, independente de núcleo que participe e terá uma surpresa no primeiro dia do ano.
Brincadeiras a parte, nos inspiramos nas palavras do Papa Francisco e desejamos “... sinceros votos de paz aos povos e nações do mundo inteiro, aos chefes de Estado e de governo, bem como aos responsáveis das Comunidades Religiosas e das várias expressões da sociedade civil. Almejo paz a todo o homem, mulher, menino e menina, e rezo para que a imagem e a semelhança de Deus em cada pessoa nos permitam reconhecer-nos mutuamente como dons sagrados com uma dignidade imensa. Sobretudo nas situações de conflito, respeitemos esta “dignidade mais profunda” e façamos da não violência ativa o nosso estilo de vida...”
  Feliz ano novo seguidores!
 
#eusouseguemebrasiliatrintaeoito #euvouparaacaravana #preparaparaosquarenta
 
Terça, 20 Dezembro 2016 17:38

2016, “o ano do novo”

Estamos nos preparando para um novo ano. 2017 surge para nós apontando como o ano do agradecimento. É também, o ano Nacional Mariano, em comemoração aos 300 anos do encontro da Imagem de Nossa Senhora da Conceição Aparecida, nas águas do rio Paraíba do Sul. Para o Encontro de Jovens com Cristo – Segue-me, será mais um ano de muitos desafios. É ano de mais uma assembleia nacional do Segue-me, de FEMUS (Festival de Música do Segue-me) e será também de mais implantações de núcleos no Distrito Federal (São João Paulo II e Nossa Senhora Aparecida).
 
Em 2016, o Segue-me Brasília esteve adaptando-se ao novo momento do movimento. Ao adotar o DNS em todos os núcleos ativos, as dúvidas e as diferenças comparadas ao que fazíamos até então, ainda que poucas e pontuais, geraram novas posturas na condução e realização do encontro e permitiram mais leitura das pastas e muitos debates setoriais, enriquecendo o conhecimento sobre o Segue-me na nossa arquidiocese.
A agenda de 2016 esteve sempre cheia. Logo no dia 02 de janeiro, abrimos o ano com o nosso tradicional momento de Adoração que se repetiu por todos os meses. Em 2017, continuaremos Adorando em conjunto (com todos núcleos do DF), sempre na mesma data (02 de cada mês) das 18h as 20h, no Santuário do Santíssimo Sacramento (606 Sul). Ainda no mesmo mês de janeiro, comemoramos os 98 anos do jovial Pe. Orestes (Diretor Espiritual Arquidiocesano do Segue-me DF) e realizou-se a primeira Formação para Dirigentes em conformidade com o DNS (Documento Nacional do Segue-me). Nunca uma formação esteve tão cheia (isso devido ao aumento do número de componentes na equipe dirigente – com o DBN eram 12, com o DNS são 15 pessoas). 
 
 
Em março, aconteceu a formação para comandantes do encontro no ano e em abril, a última etapa da implantação do Segue-me em Janaúba – MG levou mais alguns jovens brasilienses para participar do III Segue-me da cidade. No mês de maio, a tocha olímpica passou por Brasília e alguns seguidores tiveram a oportunidade de carrega-la, representando também, as centenas de seguidores do movimento que se viram neste ato ímpar da história do esporte brasileiro.
Já em junho, a praça dos cristais (SMU) foi o palco para mais um encontro de violeiros. Em julho, dezenas de seguidores brasilienses estiveram na Cracóvia – Polônia, participando da Jornada Mundial da Juventude e em agosto, um marco para a equipe de comunicação; atingimos nossas primeiras 7000 curtidas no Facebook e 4000 no Instagram. Também em agosto, teve início mais uma edição da Copa Segue-me de Futsal. Nos meses seguintes, o Segue-me DF passou a contar com mais dois novos núcleos: em setembro, Nossa Senhora de Lourdes e em outubro, foi implantado também no Guará II. Antes, nos dois primeiros dias de outubro, aconteceu o VI retiro arquidiocesano do Segue-me, reunindo duzentos jovens de todo o DF na casa de retiros Santo Antônio. Em novembro foi a vez de Jataí – GO receber a boa nova através dos seguidores de Brasília. Também em novembro, mais um encontro da segunda etapa. 
 
 
Em novembro e dezembro, já aconteceram as formações para os dirigentes do ano de 2017. Também em dezembro tivemos a Missa em Ação de Graças pelos 37 anos do movimento e o lançamento da revista Fruto do Amor, idealizada pela seguidora Samara Beatriz e que fará parte das atividades da equipe de comunicação para o próximo ano.
 
Também tivemos participação ativa nas atividades arquidiocesanas – em maio, tapete(s) e desmontagem do altar da celebração de Corpus Christi, em setembro, estivemos no XX Hallel divididos em diversas funções e em outubro, na festa de Nossa Senhora Aparecida, além da desmontagem do altar, participamos mais uma vez do cordão (caracol) de isolamento do clero no momento das bênçãos. Em dezembro, fizemos a acolhida para o Nightfever 2016. 
Com tanta ocupação em todos os meses, os núcleos também realizavam e participavam das suas tarefas paroquiais, o encontro anual e as variadas atividades de pós-encontro; ainda sobrou tempo para cumprir um desafio – realizar uma peregrinação até a porta santa. Claro que seria muito simples a convocação para a Catedral. Então, a convocação foi para o Santuário Menino Jesus, em Brazlândia, com uma expressiva e inesquecível participação. A partir desta experiência, outras peregrinações podem acontecer no próximo ano, como já tem antecipado a coordenação do conselho arquidiocesano.
 
 
Apesar das dificuldades no campo político, das realizações grandiosas como as olímpiadas e alguns fatos tristes que irão demorar muito para serem amenizadas, devemos destacar com orgulho que o Segue-me manteve uma agenda ativa e positiva, reafirmando a importância do nosso movimento jovem na arquidiocese e consolidando todas as atividades na agenda dos casais e jovens seguidores. 
Já estamos nos despedindo de 2016, com a certeza de que este foi o ano do novo. Que o nosso 2017 seja tão ativo e abençoado como foram estes 37 anos do nosso movimento. Venha ano novo porque já estamos lhe esperando com muita fé, perseverança e oração. 
 
#revistafrutodoamor #seguemebrasiliatrintaeoito
#euvouparaacaravana #preparaparaosquarenta
 
Sexta, 16 Dezembro 2016 10:50

Revista Fruto do Amor - Entrevista

"Ousadia e alegria...
 
A semana começou com um marco para a divulgação e o registro histórico do Encontro de Jovens com Cristo – Segue-me – DF. O lançamento da revista “Fruto do Amor” tem gerado curiosidades e transformou-se em orgulho para os seguidores de todas as idades e de todas as épocas. Desde a sexta-feira 09/12, durante a noite de pré-lançamento que reuniu a equipe de comunicação do Segue-me DF e colaboradores, a repercussão tem sido enorme, tanto local como nacional e internacional. 
 
A busca pela ampla divulgação das atividades de pós encontro do movimento sempre estiveram ligadas à criatividade e a teimosia dos seguidores dos diversos núcleos do Segue-me. Fanzines, jornais, quadrinhos, panfletos... Todas as experiências possíveis, conforme os recursos financeiros e a mão de obra disponíveis já renderam bons frutos e aprendizagem.
 
A própria equipe de comunicação do Segue-me DF, criada em 2006, colocou o site no ar em 2007, possibilitando visibilidade e contato com o Segue-me de outras dioceses, abriu caminho para a busca da unidade nacional, iniciada em 2009 e assumindo uma etapa mais ampla em 2015, após o I Congresso Nacional do Segue-me.
 
Montar uma revista tornou-se um desejo distante na medida em que custos altos, elevada carga de trabalho e o avanço da comunicação digital serviam de álibi para deixarmos a ideia guardada no fundo da gaveta. 
Até que... Bem, até que uma jovem seguidora resolver fazer o seu trabalho de conclusão de curso (TCC) sobre o Segue-me. Entrevistamos a jovem Samara Beatriz, seguidora atuante no núcleo São Vicente de Paulo (Taguatinga Sul) e idealizadora do projeto. Vejamos a seguir, um pouco da história que culminou com o lançamento do ano:
 
 
brasilia.segue-me.com – Como surgiu a ideia de montar uma revista para o Segue-me?
 
Seguidora Samara - No inicio de setembro deste ano, eu e a minha colega de curso, Danaila Barros, fizemos um briefing sobre um trabalho proposto para a conclusão da graduação em Publicidade e propaganda. A ideia era a criação de um produto, uma revista para o Movimento Segue-me DF. A revista deveria abranger as atividades realizadas pelo Segue-me e que pudesse alcançar um número maior de seguidores.
 
brasilia.segue-me.com – Vocês conheciam os dados sobre a abrangência atingida pelas divulgações feitas pela equipe de comunicação?
 
Seguidora Samara - Havia a hipótese de que as mensagens transmitidas pela equipe de comunicação pelos meios que o Segue-me esta inserido, não alcançavam um número considerável de seguidores. Para confirmar a hipótese, foi realizada uma pesquisa com 349 seguidores da Arquidiocese de Brasília. Para mitigar essa necessidade, pensamos na revista, que é um meio impresso, com facilidade de segmentação, exposição de muito conteúdo através de imagens/gráficos/textos. A revista é um meio que tem uma boa circulação e serve como documento e até tem um valor sentimental, pelos seguidores que quiserem colecionar.
 
brasilia.segue-me.com – Vocês esperavam uma repercussão, até internacional, como está tendo? 
 
Seguidora Samara - Não esperávamos de jeito nenhum essa repercussão. A princípio, era só um produto para a conclusão de curso. Unimos o útil ao agradável. Foi muito mais gratificante fazer o TCC sobre algo pelo o qual sou encantada. O legal é que a minha dupla (Danaila Barros), que não é seguidora, abraçou e amou a proposta. Apaixonou-se pelo trabalho assim como eu. A parceria ajudou na difícil manutenção do sigilo.  Como a Danaila não fez o Segue-me, o cuidado para não expor as nossas particularidades do encontro foi maior. 
 
brasilia.segue-me.com – Outros seguidores acompanharam o projeto? Houve alguma interferência de dirigentes ou do conselho arquidiocesano?
 
Seguidora Samara - A revista tomou uma proporção maior quando pedi autorização ao conselho para realizar o trabalho. Ficaram interessados e envolvidos no projeto, participaram de forma muito ativa. A pesquisa realizada também contribuiu para disseminação da revista, muitos seguidores foram envolvidos e me questionavam, causando assim uma expectativa maior. Durante a realização da segunda etapa deste ano, a coordenação do conselho apresentou os números da pesquisa realizada e comentou sobre o trabalho que estava sendo feito. Enfim, quando a revista ficou pronta, apresentei para os seguidores que mais se envolveram (Cássia, Aldo, Taylor, Geissy e Flávia). O retorno foi muito positivo. A coordenadora da Equipe de Comunicação cogitou a possibilidade da impressão e distribuição na missa de 37 anos, mas não tínhamos verba para isso. 
 
brasilia.segue-me.com – Como um trabalho acadêmico acabou impresso e distribuído então?
 
Seguidora Samara - Na formação para dirigentes 2017, a coordenadora do Conselho Arquidiocesano (Flávia), disse que o conselho queria imprimir a revista e que era para passarmos o orçamento. No mesmo dia, a equipe conseguiu um generoso patrocínio e em tempo recorde (uma semana), com muito trabalho e grande esforço da equipe, conseguimos fazer uma tiragem de 1500 exemplares da primeira edição da revista. 
 
brasilia.segue-me.com - Qual a sua avaliação do  projeto realizado e finalizado em três meses? 
 
Seguidora Samara - Ver não só a revista, mas a mensagem, os "frutos" do movimento alcançando seguidores de todos os núcleos de Brasília, que foi o objetivo proposto desde o início, proporcionou um sentimento inexplicável; é o agir de Deus mesmo, sabe? Estar também na equipe de comunicação do Segue-me é unir duas coisas importantes na minha vida que são a comunicação e o Segue-me. O Segue-me sendo instrumento para que eu possa exercer minha vocação, anunciar o evangelho, os frutos da caminhada com Cristo. Não imaginava que seria entregue em uma Missa na Catedral Metropolitana de Brasília e que chegaria às mãos do nosso Cardeal Dom Sérgio. É uma vitória para registro no meu caderninho. É mais uma conquista e mais uma graça que o Segue-me me proporcionou. Espero que a conquista maior seja o "testemunho" para outros jovens, incentivando a se doarem, a seguirem a Cristo em todas as áreas da sua vida, inclusive na acadêmica e profissional.
 
 
brasilia.segue-me.com  – O projeto, a revista Fruto do Amor, vai continuar? 
 
Seguidora Samara - A revista foi feita para a utilização pela a equipe de comunicação do Segue-me Arquidiocesano. A proposta é que a equipe dê continuidade. Já temos algumas ideias para as próximas edições que não vamos revelar aqui... (risos!) A Parábola do Semeador  vem explicar claramente o que o Segue-me representa pra mim, a semente foi lançada, caiu em solos férteis, germinou, cresceu, deu frutos (FEMUS, Copa Segue-me, 2ª Etapa, etc.). Dos nossos frutos, outras sementes foram lançadas, em outros solos (cidades). A revista é mais um fruto do Movimento, de muitos que virão.
 
Se você não recebeu um exemplar da revista Fruto do Amor, participe das atividades do Segue-me Arquidiocesano para não perder outras edições ou novidades. Procure um seguidor que tenha ido à Missa dos 37 anos e recebido uma revista para ler as matérias. Em breve informaremos sobre novas tiragens e distribuição. 
 
#revistafrutodoamor #seguemebrasiliatrintaeoito
#euvouparaacaravana #preparaparaosquarenta
 
 
Quarta, 14 Setembro 2016 23:33

Vai começar a fase final

Faça o download do cronograma da fase final