O Encontro de Violeiros do Segue-me é uma oportunidade de confraternização entre os vários seguidores dos núcleos, com o objetivo de resgatar as lembranças agradáveis do encontro, cantando músicas e fazendo depoimentos, para aqueles que se sentem a vontade em compartilhar.

O evento nasceu da união de equipes de alguns núcleos (Asa Norte e Sobradinho) no final dos anos 1990. Na época, amigos em comum nas equipes combinavam “saídas” nos finais de semana (sextas, sábados) para tocar músicas comuns ao encontro do Segue-me e debaterem possíveis diferenças. Estes encontros sempre eram feitos na Ermida Dom Bosco, ponto turístico de Brasília. Em 2001, o Setor III chegou a organizar um encontro oficial dos violeiros do segue-me em uma manhã numa escola da Asa Norte, mas não foram muitos participantes e o evento não teve continuidade.

Em 2011, durantes as comemorações dos 25 anos do núcleo Bom Jesus dos Migrantes, foi reeditado um encontro de violeiros comemorativo. A participação foi muito expressiva e o formato utilizado inspirou a coordenação do conselho arquidiocesano. Ideia que foi levada a diante em 2014, quando ocorreu o I Encontro de Violeiros do Segue-me Brasília. O local escolhido foi a Ermida Dom Bosco, para relembrar os primeiros eventos neste estilo.

O evento contou com mais de 150 participantes e acabou se tornando um dos eventos mais alegres do calendário oficial do Segue-me Brasília. No ano seguinte, o encontro aconteceu na Catedral de Brasília, em 2016 na Praça dos Cristais e em 2017 o evento ocorreu no Parque da Cidade com mais de 300 participantes, batendo um recorde e marcando o evento.